Ambiente

Roma investe 500 milhões no ambiente

Reduzir as emissões de dióxido de carbono (CO2) é a prioridade da capital italiana, que também aspira a uma candidatura aos Jogos Olímpicos de 2020. O município de Roma anunciou um investimento de cerca de 500 milhões de euros a serem aplicados em no
Versão para impressão
Reduzir as emissões de dióxido de carbono (CO2) é a prioridade da capital italiana, que também aspira a uma candidatura aos Jogos Olímpicos de 2020. O município de Roma anunciou um investimento de cerca de 500 milhões de euros a serem aplicados em novos negócios e indústrias, para criar emprego e tornar a cidade mais verde.

Com este investimento, a autarquia italiana prevê criar milhares de postos de emprego ao longo de 20 anos, bem como estimular o comércio e a indústria da periferia de Roma, aumentar as áreas agrícolas fora da cidade e transformar o congestionado centro histórico num espaço mais verde e “amigo” do modo pedestre para reduzir o impacto das emissões de CO2.

Ambicioso, este “não é apenas um plano de energia, mas também ambiental, urbano e económico. É um plano completo para desenvolver a cidade”, frisou Gianni Alemanno, o presidente da câmara de Roma, numa conferência de imprensa.

O economista norte-americano Jeremy Rifkin esteve presente na conferência e referiu a importância de criar uma “democratização da energia”, em prol de visão económica durável.

Após acolher os Jogos Olímpicos em 1960, Roma espera poder vir a receber o evento em 2020, embora o Comité Olímpico só escolha uma candidatura em 2013.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório