Sociedade

Reciclar para ajudar crianças carenciadas

A Entrajuda e a Sociedade Ponto Verde uniram-se para ajudar crianças carenciadas do 1º ciclo em risco de abandono escolar: até setembro deste ano, a Sociedade Ponto Verde doa 0.25 euros por cada tonelada reciclada (excluindo incineração e compostagem
Versão para impressão
A Entrajuda e a Sociedade Ponto Verde uniram-se para ajudar crianças carenciadas do 1º ciclo em risco de abandono escolar: até setembro deste ano, a Sociedade Ponto Verde doa 0.25 euros por cada tonelada reciclada (excluindo incineração e compostagem) para material escolar. O objetivo é ajudar duas mil crianças identificadas pelas diversas Associações de Solidariedade Social.

A iniciativa “Reciclar é Dar e Receber” conta com a participação cívica para o seu sucesso: cidadãos e empresas podem participar de forma ativa, separando e depositando embalagens usadas nos ecopontos ou equipamentos disponibilizados pelas autarquias para esse efeito. Para que as duas mil crianças sejam auxiliadas, é necessário enviar para a reciclagem 160 mil toneladas de lixo, até setembro.

Segundo informa o site oficial, o projeto arrancou este ano em fase piloto. As entidades envolvidas esperam poder dotar crianças carenciadas, em risco de abandono escolar, de todo o material escolar básico que lhes permita iniciar o ano letivo 2010/2011 sem quaisquer restrições.

Assim, cada criança irá receber um kit escolar com mochila, borracha, esferográficas, canetas de feltro, régua, dossier com separadores, estojo, lápis de carvão, afia lápis, lápis de cor, tesoura e cola.

A iniciativa tem o apoio institucional da Direcção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular (DGIDC), do Ministério da Educação, do Ministério do Ambiente e do Ordenamento do Território (MAOT) e da Agência Portuguesa do Ambiente (APA).

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório