Ambiente

Re-encontro emocionante entre gorila e tratador

Damian Aspinall cuidou durante cinco anos de um gorila prateado chamado Kwibi até ao momento de o devolver à vida selvagem numa selva do Gabão, em África. Cinco anos depois Damian e Kwibi, um macho adulto agora com 10 anos, encontraram-se de novo des
Versão para impressão
Damian Aspinall cuidou durante cinco anos de um gorila prateado chamado Kwibi até ao momento de o devolver à vida selvagem numa selva do Gabão, em África. Cinco anos depois Damian e Kwibi, um macho adulto agora com 10 anos, encontraram-se de novo desta vez em África e reconheceram-se num momento verdadeiramente emocionante.

Damian Aspinall gere a Aspinall Foundation, fundada pelo pai, uma associação de caridade em Kent, no Reino Unido, que promove a conservação da vida animal e promove a reintrodução de gorilas capturados de volta à selva africana.

O conservacionista britânico acompanhava a reintrodução de três jovens gorilas desde Kent à floresta do Gabão e que irão fazer parte de um programa televisivo “Gorilla School”. As câmaras acompanharam depois o re-encontro entre o ex-tratador e kwibi que se manteve na zona desde então.

“Foi um dos momentos mais fantásticos e tocantes da minha vida”, revelou Damian, agora com 49 anos, ao jornal Daily Mail.

“A reintrodução de Kwibi na vida selvagem foi extremamente bem sucedida. A última vez que teve contacto com outro humano durante este tempo foi com um caçador, e tornou-se bastante agressivo. Mas quando me viu, reconheceu-me. Cumprimentou-me como um irmão que não via há muito tempo e até me apresentou à mulher e filhos que andavam perto de nós”, relatou emocionado.



Damian refere-se a estes animais como parte da família. De resto desde muito novo que o pai, um multimilionário britânico, mantinha um zoo onde dava protecção a espécies em perigo e as tentava reintroduzir de novo ao seu habitat natural acabando por fundar a Aspinall Foundation.

Damian chegou a ser apelidado de “Mogli” devido à ligação que mantinha enquanto jovem com estes animais. Atualmente prossegue com o trabalho do pai que relembra como um homem duro e de ideias fixas.

Damien conta ao Daily Mail um episódio exemplificativo de quando era criança e subiu a uma árvore ficando preso. Pediu ajuda ao pai que virou costas e terá dito calmamente que ele ia resolver esse problema sozinho. Depois de algum tempo atrapalhado acabou por ser resgatado nada mais, nada menos que por um dos gorilas fêmea que viviam na propriedade e o levou para o chão e confortou enquanto chorava. “Nunca irei esquecer esse sentimento”, remata Damian Aspinall.  

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório