Fitness & Bem-estar

Prémio Indústrias Criativas tem 25 mil euros para dar

Já abriram as inscrições para a 7ª edição do Prémio Nacional Indústrias Criativas Super Bock/Serralves, que tem como objetivo promover o empreendedorismo e lançar novas empresas. As candidaturas decorrem até 15 de Março.
Versão para impressão
Começaram hoje as inscrições para a 7ª edição do Prémio Nacional Indústrias Criativas Super Bock/Serralves, que tem como objetivo promover o empreendedorismo e lançar novas empresas. As candidaturas decorrem até ao dia 15 de Março e o vencedor irá ganhar um prémio de 25 mil euros.

O concurso está dividido em quatro categorias: Arquitetura e Artes Visuais, Música e Artes do Espetáculo, Conteúdos e Novos Media, e Turismo e Património, como explica a iniciativa em comunicado enviado ao Boas Notícias, acresentando ainda que as ideias de negócio deverão ser criativas e inovadoras, mas devem sobretudo ter “potencial económico e de gerar emprego”.

A candidatura pode ser feita de duas formas: mediante o registo no site oficial da iniciativa ou através da apresentação presencial do projeto numa das sessões do 'roadshow' que vai passar pelo UPTEC- Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto no dia 10 e pela Universidade de Aveiro no dia a seguir. Durante o mês de Março, e com datas ainda a confirmar, Lisboa e Caldas da Rainha também recebem esta iniciativa.

Quem optar pela última opção terá que fazer uma inscrição prévia no site. Devido à parceria entre a organização e o programa de televisão 'The Next Big Idea', os concorrentes que se apresentam no 'roadshow' terão ainda direito a um vídeo da sua apresentação.

Podem concorrer todos os cidadãos maiores de 18 anos, em grupo ou individualmente, e pequenas e micro empresas em fase de expansão e com sede em território português.

Vencedor representará Portugal numa competição mundial

O vencedor irá receber um prémio de 25 mil euros e a oportunidade de representar Portugal no Creative Business Cup, uma competição anual para empreendedores vindos de mais de 50 países, e que tem como objetivo distinguir a melhor ideia de negócio, a nível mundial, na área das Indústrias Criativas.

Já o grupo finalista terá direito a uma participação num workshop de empreendedorismo criativo e apoio para a criação de um modelo de negócio, com direito ao acesso a uma rede de contatos.

O vencedor será conhecido durante o Super Bock Laboratório Criativo, um fórum anual organizado pela Unicer.

No ano anterior, a empresa vencedora foi a Weso, uma orquestra portuguesa especializada em bandas sonoras para a indústria cinematográfica internacional.

Nas últimas seis edições, o Prémio Nacional Indústrias Criativas Super Bock/Serralves já avaliou mais de 1500 projetos e apoiou mais de 60, que ajudaram a criar mais de 200 postos de trabalho.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório