Saúde

Portugueses demonstram bloqueio do HIV

Uma equipa do Instituto de Medicina Molecular (IMM), chefiada por Nuno Santos, desenvolveu um estudo que demonstra a eficácia de certos fármacos anti-virais no bloqueio da entrada do vírus HIV-1 nos glóbulos brancos e vermelhos humanos. O estudo foi
Versão para impressão
Uma equipa do Instituto de Medicina Molecular (IMM), chefiada por Nuno
Santos, levou a cabo um estudo que demonstra a eficácia de certos
fármacos anti-virais no bloqueio da entrada do vírus HIV-1 nos glóbulos
brancos e vermelhos humanos. O estudo foi publicado na prestigiada revista internacional PLoS ONE na passada terça-feira.

Atualmente, o tratamento do HIV-1, vírus responsável pela SIDA, baseia-se na manutenção de baixos níveis de carga viral sanguínea. No entanto, o trabalho desenvolvido pelos investigadores do IMM privilegia a atuação antes da entrada do vírus nas células.

Os fármacos estudados (enfurvitide e T-1249) são os chamados “inibidores de fusão”, uma vez que inibem a fusão das partículas virais com as membranas celulares. Desta forma, é possível tratar o vírus antes que ele atinja os glóbulos vermelhos e brancos.

“São resultados relevantes principalmente para o desenho destas novas drogas, porque vêm mostrar que o mecanismo de acção destas drogas não funciona exactamente como se julgava”, refere Nuno Santos, citado pelo portal Ciência Hoje.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório