Negócios e Empreendorismo

Portugueses constroem parques solares em Inglaterra

A empresa portuguesa Martifer Solar, subsidiária da Martifer SGPS, acaba de anunciar a conclusão da construção de um conjunto de parques fotovoltaicos no Reino Unido, um dos maiores construídos em simultâneo naquele país até à data.
Versão para impressão
A empresa portuguesa Martifer Solar, subsidiária da Martifer SGPS, acaba de anunciar a conclusão da construção de um conjunto de parques fotovoltaicos no Reino Unido com uma potência total de 28,1MWp e que representa, até à data, um dos maiores 'clusters' fotovoltaicos construídos em simultâneo naquele país. 
 
O anúncio foi feito pela companhia através de um comunicado, que adianta que “o período total de construção do projeto foi de apenas 15 semanas, facto que comprova a experiência e capacidade técnica da Martifer Solar”, consideram os responsáveis, que revelam que os parques solares foram construídos nos distritos de Cornwall, Hampshire, Devon e Wiltshire, as regiões com os maiores níveis de radiação solar do país.
 
Os cinco parques já foram comissionados e ligados à rede e foram adquiridos pelo maior produtor de energia solar do Reino Unido, a Lightsource Renewable Energy, com o qual a Martifer celebrou um acordo para o efeito. De futuro, a empresa portuguesa ficará responsável “pelos serviços de operação e manutenção”, para garantir “o seu melhor desempenho”. 
 
“Com estes projetos, a Martifer Solar assume, de forma bastante expressiva, um compromisso com o sector solar no Reino Unido”, considera João Cunha, responsável da Martifer Solar no Reino Unido. 
 
“Após uma primeira fase na qual efetuamos o desenvolvimento e licenciamento dos projetos, estamos bastante satisfeitos com a conclusão desta etapa, igualmente exigente, de construção e comissionamento destes parques”, acrescenta, revelando que há “objetivos ainda mais ambiciosos” para 2013. 

Parques vão abastecer com energia limpa 18.000 habitantes/ano
 

Com potências entre os 4,4 e os 6,63 MWp, estes parques, que contam com mais de 114.000 módulos em estruturas fixas instalados no solo, foram construídos numa área total de 75 hectares. 
 
O total de energia renovável que será produzida por todo o cluster deverá rondar os 27,74 GWh/ano, ou seja, energia suficiente para abastecer aproximadamente 18.000 habitantes e evitar a emissão de mais de 12.500 toneladas de CO2, por ano, para a atmosfera.
 
Para Henrique Rodrigues, diretor executivo da Martifer Solar, “este projeto no Reino Unido é a prova inequívoca da capacidade de adaptação da Martifer Solar no mercado fotovoltaico internacional”, fortalecendo “a credibilidade e solidez” da empresa “numa indústria em constante mudança”. 
 
Nick Boyle, diretor executivo da LightSource Renewable Energy, mostra-se também contente com o trabalho da empresa portuguesa. “Estamos muito satisfeitos com a parceria com a Martifer Solar neste projeto pioneiro. Todo o 'cluster' foi concluído nas datas previstas”, sublinha. 
 
A Martifer Solar está presente no Reino Unido desde Fevereiro de 2011. De realçar que, recentemente, a energia solar foi eleita como uma energia estratégica no UK Renewables Roadmap, plano em que o país se propõe atingir, até 2020, a meta de 15% de energias renováveis no 'mix' de energia. 

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub