Sociedade

Português termina licenciatura em direito aos 69 anos

NULL
Versão para impressão
Aos 69 anos, António Morais Cunha terminou o curso de Direito e já foi levantar o seu diploma na Universidade Lusíada do Porto. António fez a licenciatura em quatro anos e já está inscrito num mestrado. De 2007 a 2011, para ir às aulas, percorria diariamente 200 quilómetros, entre Ponte de Lima e o Porto.

“O saber não ocupa lugar e, hoje em, dia é cada vez mais importante uma pessoa andar informada e atualizada”, disse à agência Lusa o novo licenciado, solicitador desde 1992, com escritórios em Ponte de Lima e Braga.

Além do mestrado, que pretende que seja em Direito Penal, António Cunha está à espera que a Ordem abra um estágio para advogados. Confessa que o seu objetivo não é ir parar à barra dos tribunais para defender causas, mas não descarta essa possibilidade, até pelo à vontade com que se movimenta na área fiscal.

Segundo a agência Lusa, António Cunha fez carreira nas Finanças, tendo chegado a chefe de Repartição. Em 1992, reformou-se e estabeleceu-se como solicitador e, em 2007, decidiu candidatar-se à universidade, para concretizar um sonho que acalentava desde o 25 de abril de 1974.

“Fiz os exames de admissão na Lusíada, fiquei e a universidade foi a minha vida nos últimos quatro anos. Foram cerca de 200 quilómetros de estrada todos os dias, que eu praticamente não faltei a uma única aula. Os fins de semana passei-os a estudar. Mas valeu a pena”, garante.

Esta “aventura” académica terminou a 17 de julho, dia em que fez a última prova oral. Esta quinta-feira voltou à universidade para levantar o seu “canudo”, acrescenta com orgulho.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório