Desporto

Portugal lidera o mercado de material de Boccia

NULL
Versão para impressão

Portugal é uma das grandes potências mundiais do boccia, uma modalidade desportiva especialmente concebida para atletas com deficiência. Para além disso, o mercado luso é líder do mercado de produção e comercialização do material de jogo, um negócio gerido online.

A marca portuguesa das bolas Bocca surgiu em 2002, ano em que Portugal acolheu o campeonato do Mundo do Boccia. Desde então, a marca tem crescido, produzindo e comercializando todo o material de jogo como calhas, marcadores eletrónicos, capacetes, bancos para acompanhantes auxiliares e até compassos e fitas métricas.

Hoje, Luís Ferreira, proprietário da Bocca, disse à Lusa que o material português “tem muita procura” e assegura que a empresa, cuja montra é um site na internet, “é indiscutivelmente líder de mercado”.

Segundo o empresário (e professor de educação física) “os jogos de bolas eram produzidos apenas na Dinamarca e na Nova Zelândia”. Luís Ferreira acrescentou: “Pensei em começar a produzir jogos e mostrei o primeiro modelo na Póvoa de Varzim em 2002”.

O negócio começou a expandir-se e foram muitos os paíse4s a adquirir material “made in Portugal”, compostos por 13 bolas, feitas em pele – cosidas à mão – e cheias com um material sintético.


Muito do material utilizado na Taça do Mundo de boccia, em Belfast, é produzido pela empresa portuguesa, que recebe frequentemente encomendas de países tão diferentes como Coreia do Sul, Estados Unidos ou Austrália.

O Brasil é também um mercado em ascenção mas Luís Ferreira garante que o essencial “é estar sempre à frente, na perspetiva de fazer coisas novas e responder às necessidades dos atletas”.
Uma modalidade especial

O Boccia surgiu em Portugal em 1983, aquando da realização do 1º curso de Desporto para Deficientes com Paralisia Cerebral. Em 1988 foi reconhecido como modalidade Paralímpica e hoje em dia é, em Portugal, uma das modalidades com maior número de praticantes no que diz respeito à população com Paralisia Cerebral.

O objectivo do jogo é a marcação do maior número de pontos através do lançamento de séries de 6 bolas em direcção a uma bola alvo. As bolas, diferentes entre si, são duras, mas revestidas a pele, possuindo a características de poderem ser agarradas e lançadas por pessoas com dificuldades de preensão. O atleta pode lançar, pontapear ou usar um dispositivo auxiliar tipo goteira/calha para fazer rolar a bola.

 
[Notícia sugerida por Maria Manuela Mendes]  

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório