Negócios e Empreendorismo

Portugal já pode exportar leite para a China

A China abriu oficialmente as suas portas esta terça-feira para receber o leite português. Um acordo entre os dois governos vai permitir levar o produto nacional para um mercado que atualmente tem mais de 1,3 milhões de pessoas.
Versão para impressão
A China abriu oficialmente as suas portas esta terça-feira para receber o leite português. Um acordo entre os dois governos vai permitir levar o produto nacional para um mercado que atualmente tem mais de 1,3 milhões de pessoas e que gera todos os anos cerca de 70 milhões de euros.

A expansão do leite para o maior país da Ásia Oriental e o mais populoso do mundo pode vir a abrir outras portas. A ministra da Agricultura portuguesa, Assunção Cristas, anunciou esta terça-feira que a China tem interesse em mais produtos portugueses, como a carne de porco e as frutas.

“Temos finalmente a boa notícia de que o mercado chinês está aberto ao nosso leite, aos nossos produtos derivados do leite”, disse Assunção Cristas após a assinatura de um acordo de cooperação com o governo chinês.

A China está agora oficialmente aberta aos produtores nacionais de laticínios que quiserem exportar a sua matéria-prima para o país asiático. “É uma oportunidade extraordinária para os produtores portugueses que naturalmente procuram mercados onde colocar os seus produtos”, refere a ministra portuguesa.

Os produtos de qualidade, “caracterizados por uma elevada segurança alimentar”, é apontada por Assunção Cristas como uma das razões para a assinatura do memorando de entendimento.

Notícia sugerida por António Resende e Diana Rodrigues

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub