Inovação e Tecnologia

Portugal: análises de sangue feitas na hora

Investigadores portugueses desenvolveram um novo método de realizar análises ao sangue inovador que reduz a recolha de sangue a um mínimo e possibilita que os resultados estejam prontos dentro de 10 a 15 minutos, evitando a marcação de nova consulta.
Versão para impressão
Investigadores portugueses desenvolveram um novo método de realizar análises ao sangue inovador que reduz a recolha de sangue a um mínimo e possibilita que os resultados estejam prontos dentro de 10 a 15 minutos, evitando a marcação de nova consulta.

Spinit é o nome do eficiente aparelho desenvolvido pela empresa portuguesa Biosurfit e que, a partir de uma única gota de sangue, é capaz de processar os mais diversos testes clínicos. Um dos objetivos é, por isso, vender esta tecnologia ao mundo inteiro.

“Uma das vantagens críticas que temos é conseguirmos fazer, com a nossa plataforma, uma máquina que custa abaixo de mil euros em produção, podendo, portanto, estar em consultórios de pequena a média dimensão sem o peso do elevado custo de equipamento”, explica João Fonseca, criador do Spinit, em entrevista ao canal televisivo SIC.

Até agora, foram investidos cinco milhões de euros no projeto, já distinguido na área do empreendedorismo jovem.

A tecnologia deve chegar a alguns consultórios nacionais ainda em 2010.



Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório