Ambiente

Plataforma para venda de resíduos entre empresas

Até ao final do ano estará em funcionamento em Portugal pelo menos uma plataforma eletrónica do Mercado Organizado de Resíduos (MOR) que permitirá a transação e o reaproveitamento de resíduos entre entidades.

Versão para impressão
Até ao final do ano estará em funcionamento em Portugal pelo menos uma plataforma eletrónica do Mercado Organizado de Resíduos (MOR) que permitirá a transação e o reaproveitamento de resíduos entre entidades.

A garantia foi dada à agência Lusa por António Henriques, diretor-geral cessante da Agência Portuguesa de Ambiente (APA) que já está em processo de análise de candidaturas para a criação desta plataforma.

A plataforma MOR visa reduzir o desvio de resíduos para aterros, já que muitos podem ser reutilizados nas cadeias de produção de várias empresas.

“O MOR vai permitir uma melhor racionalização da gestão de resíduos e evidenciar o valor que os resíduos produzidos venham a ter”, referiu António Henriques.

Uma empresa que produza resíduos poderá, assim, “colocá-los” na plataforma eletrónica, e dar a conhecer a sua disponibilidade para vender. Outras empresas que possam utilizar estes materiais no seu processo produtivo têm a opção de comprar ou trocar potenciando a respectiva reutilização ou valorização dos resíduos.

O regime de constituição, gestão e funcionamento do MOR e as regras para as transacções e para os operadores foram estabelecidas em 2009.

Bases de dados deste género já funcionam em países como a França, Holanda, EUA ou Brasil.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório