Negócios e Empreendorismo

PJ recupera chifres de rinoceronte roubados

NULL
Versão para impressão

A Polícia Judiciária prendeu dois cidadãos australianos suspeitos de pertencerem a um grupo de contrabando internacional de chifres de rinoceronte. Os indivíduos, pai e filho, foram detidos no aeroporto de Lisboa, quando se preparavam para embarcar rumo à Irlanda com seis chifres de rinoceronte na bagagem.

A detenção ocorreu na passada sexta-feira, dia 2. Desde Abril que a Polícia Judiciária se dedicava a uma busca com dimensões internacionais para descobrir a rede de contrabando que tem vindo a realizar vários furtos deste género na Europa.

Em Portugal, foram roubados dois exemplares de chifres de rinoceronte em Abril, no Museu de História Natural de Coimbra. A partir dessa data a Polícia Judiciária juntou-se à Interpol e à Europol numa investigação que culminou com a detenção destes dois indivíduos em Lisboa.

Uma das maiores apreensões internacionais

As autoridades confirmaram que os chifres apreendidos não são os que foram roubados em Coimbra. No entanto, esta apreensão é definida pela Judiciária como “uma das maiores conhecidas a nível internacional”, explicam no comunicado.

Os homens de 63 e 31 anos pretendiam levantar voo com seis chifres de rinoceronte, com um peso total de 7,5 quilos. Acredita-se que o destino destes exemplares era a China, onde podem atingir valores muito elevados. Neste caso, estima-se que os dois cidadãos se nacionalidade australiana fossem conseguir mais de 400 mil euros.

Em Portugal a comercialização de chifres de rinoceronte é proibida, já que estes se encontram abrangidos pela Convenção Sobre o Comércio Internacional das Espécies de Fauna e Flora Selvagens Ameaçadas de Extinção.

Os suspeitos de furto e tráfico já foram presentes a um primeiro interrogatório judicial e têm de se apresentar todos os dias às autoridades, além de não poderem abandonar o país.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório