Cultura

“Pare, escute, olhe” em festivais internacionais

O documentário "Pare, escute, olhe", de Jorge Pelicano, foi selecionado para dois festivais de cinema que decorrem no mês de outubro no México e na Turquia.
Versão para impressão
O documentário “Pare, escute, olhe”, de Jorge Pelicano, foi selecionado para dois festivais de cinema que decorrem no mês de outubro no México e na Turquia.

O filme integrará a quinta edição do Festival Internacional de Cinema Documental do México, na secção competitiva de documentários ibero-americanos. Jorge Pelicano recebeu neste mesmo festival uma menção honrosa em 2008 pelo documentário “Ainda há pastores?”.

Depois do México, “Pare, escute, olhe” será exibido em Istambul, Turquia, no 13º Festival 1001 Documentário, agendado de 29 de outubro a 4 de novembro.

“Pare, escute, olhe”, que estreou nos cinemas em abril, é um alerta sobre a desertificação em Trás-os-Montes, um retrato sobre o isolamento das pequenas povoações da região, tendo como ponto de partida a linha ferroviária do Tua, cuja ligação entre Bragança e Mirandela foi desativa em 1991.

Em entrevista ao Boas Notícias no passado mês de abril, Jorge Pelicano explicou que “este é um filme interventivo que incute ao espectador uma reflexão e uma acção racional sobre a causa do vale e da linha do Tua.”

“A linha do Tua é apenas um exemplo do esquecimento politico para com Trás-os-Montes. Sem emprego, as pessoas partem tal como o comboio”, afirmou ainda o realizador de 33 anos e também repórter do canal televisivo SIC Notícias.

“Pare, Escute, Olhe” foi eleito o melhor documentário português do DocLisboa de 2009 e recebeu vários prémios no festival Cine Eco, em Seia.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório