Ciência

Paleontólogos descobrem dinossauro corcunda

Denominada Concavenator corcovatus, a nova espécie de dinossauro descoberta em Espanha, através de um fóssil encontrado em Las Hoyas, teria uma protuberância no dorso e foi, provavelmente, o precursor dos leviatãs carnívoros que já dominaram o planet
Versão para impressão
[Imagem: Desenho de Raúl Martín]

Denominada Concavenator corcovatus, a nova espécie de dinossauro descoberta em Espanha, através de um fóssil encontrado em Las Hoyas, teria uma protuberância no dorso e foi, provavelmente, o precursor dos leviatãs carnívoros que já dominaram o planeta, dizem os investigadores.

Com seis metros de comprimento do focinho à cauda, este dinossauro é o mais novo membro já encontrado dos Carcharodontosauria, os maiores dinossauros predatórios que já viveram e que os especialistas julgavam que tinham ficado confinados nos continentes do sul.

O fóssil encontrado no centro de Espanha, datado de 120 a 150 milhões de anos atrás, revela “uma espécime única”. “É o dinossauro mais completo já encontrado na Península Ibérica e é uma nova espécie de terópode”, um carnívoro que se movia com os dois membros traseiros, explica Fernando Escasso, da Universidade Autónoma de Madrid, à AFP.

O que mais intriga os investigadores é a curvatura acentuada da coluna vertebral, onde se desenvolveu também uma pequena protuberância.

“É a primeira vez que vemos uma estrutura como esta na coluna vertebral de um dinossauro, apesar de ser comum em alguns animais hoje, como nas vacas”, afirma o especialista, acrescentando que “a função dessa estrutura ainda não é clara. Não achamos que o animal estava doente, porque a espinha dorsal não apresenta sinais de ter sido partida; acreditamos que seja uma característica desta espécie. Uma das hipóteses é que seja um reservatório de gordura”.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório