Sociedade

ONU insiste na proibição de testes nucleares

Um comité da ONU apelou hoje a nove países, incluindo os Estados Unidos, para ratificarem o Tratado de Proibição Completa de Ensaios Nucleares (CTBT), permitindo a sua entrada em vigor.
Versão para impressão
Um comité da ONU apelou a nove países, incluindo os Estados Unidos, para ratificarem o Tratado de Proibição Completa de Ensaios Nucleares (CTBT), permitindo a sua entrada em vigor, noticia a Lusa.

“Já é tempo para que os nove Estados demonstrem vontade política e adotem o Tratado de proibição completa dos ensaios nucleares, que permitirá a sua entrada em vigor”, sugeriu Tibor Toth, chefe do comité preparatório da Organização do CTBT, nas vésperas do Dia internacional contra os ensaios nucleares.

O tratado que proíbe as explosões nucleares com objetivos civis ou militares foi concluído em 1996 e até ao momento assinado por 182 países, incluindo as cinco principais potências nucleares. No entanto, apenas foi ratificado por 153 Estados.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório