Sociedade

OMS premeia projeto português

A Organização Mundial de Saúde (OMS) atribuiu um prémio no valor de 15 mil euros ao Programa de Intervenção Precoce na Infância no Alentejo que no ano passado ajudou mais de duas mil crianças nesta região.

Versão para impressão
A Organização Mundial de Saúde (OMS) atribuiu um prémio no valor de 15 mil euros ao Programa de Intervenção Precoce na Infância no Alentejo que no ano passado ajudou mais de duas mil crianças nesta região.

A distinção da OMS será entregue esta quinta-feira, em Genebra, durante a 63.ª Assembleia Mundial da Saúde e destina-se a “pessoas, instituições ou organizações não governamentais” com um contributo “excecional na área da saúde”.

Instalado desde o ano 2000, o Programa de Intervenção Precoce na Infância no Alentejo conta com uma rede de parcerias nacionais e locais. Presta cuidados de saúde, educação, psicologia e assistência social a crianças até aos seis anos nos 47 concelhos do Alentejo.

As equipas de intervenção são multidisciplinares e englobam educadores de infância, técnicos de serviço social, psicólogos, terapeutas, enfermeiros e médicos da rede de cuidados de saúde primários, que trabalham segundo um modelo de intervenção centrado na família.

O premio da OMS foi atribuído no âmbito do Prémio da Fundação para a Saúde dos Emirados Árabes Unidos e distinguiu ainda um centro jordano de endocrinologia e diabetes.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório