Saúde

Novo método para tratar autismo chega a Portugal

O programa Son-Rise, para o tratamento do autismo e de outros distúrbios de desenvolvimento similares, privilegia uma abordagem relacional, onde a interação social é essencial. Fundado nos EUA pelos pais de uma criança autista, o método já está a ser
Versão para impressão
O programa Son-Rise, para o tratamento do autismo e de outros distúrbios de desenvolvimento similares, privilegia uma abordagem relacional, onde a interação social é essencial. Fundado nos EUA pelos pais de uma criança autista, o método já está a ser posto em prática por várias famílias portuguesas.

Em desenvolvimento desde os anos 70, o programa valoriza as relações interpessoais e consiste em ensinar a criar e implementar programas e ações centradas nas crianças, que se tornam em participantes ativas. Os pais aprendem a interagir de uma forma divertida e dinâmica com os filhos, encorajando o seu desenvolvimento social, emocional e cognitivo.

Miguel Almeida, pai de uma criança autista, foi um dos primeiros a aplicar o método em Portugal, há cerca de um ano. Em entrevista à RTP, refere que esta é uma forma de “entrar no mundo das crianças, para as trazer para o nosso [dos adultos]” e que anula, assim, o sentimento de impotência muitas vezes sentido pelos pais aquando do diagnóstico do autismo.

“Dá-nos a sensação de poder fazer alguma coisa, em vez de ficarmos à espera que sejam unicamente os terapeutas e os especialistas a intervirem no assunto. Ou seja, deixamos de ter uma intervenção limitada no número de horas pelos profissionais e passamos a implementar o programa em casa”, explica.

O Programa Son-Rise relega a medicação para um plano secundário. Os pais recebem formação nos Estados Unidos, o único país onde estas estão disponíveis.

Embora tal não seja acessível ao orçamento de todas as famílias, a associação “Vencer o Autismo”, da qual Miguel Almeida faz parte, tem vindo a angariar fundos e a ajudar as famílias a fazê-lo, para que possam ultrapassar as suas dificuldades financeiras.

O Programa Son-Rise foi criado pelo casal Barry e Samahria Kaufman, depois de ouvirem dos especialistas que não havia esperança de recuperação para o seu filho Raun, diagnosticado com autismo severo e um QI abaixo de 40%.

Acreditando na ilimitada capacidade humana para a cura e o crescimento, partiram da experimentação intuitiva e amorosa com Raun, que recuperou do autismo após três anos e meio de trabalho intensivo com seus pais.

Raun desenvolveu-se e cresceu dentro dos parâmetros normais, graduou-se na Universidade de Brown, uma das mais prestigiadas dos EUA, e é agora presidente da associação Autism Treatment Center of America (Centro de Tratamento de Autismo Americano), fundado pelos seus pais em Massachusetts.

Veja aqui uma entrevista concedida por Raun Kaufman ao canal FOX.

Saiba mais sobre o Programa Son-Rise aqui.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório