Ciência

NASA diz ter encontrado uma “Super Terra”

NULL
Versão para impressão
Fica a 600 anos-luz mas é o primeiro planeta que a NASA anuncia como reunindo as condições necessárias para a existência de vida. O Kepler 22b tem características tão semelhantes ao nosso planeta que os cientistas já lhe chamam a “Super Terra”.

Este não é o primeiro planeta considerado habitável pelos astrónomos – há pelo menos mais dois que poderão reunir estas condições – mas é o primeiro a ser apontado pela NASA como reunindo condições para a existência de vida.

Segundo o comunicado emitido segunda-feira pela Agência norte-americana, o Kepler 22b tem uma dimensão 2,4 vezes superior à da Terra e demora 290 dias a percorrer uma órbita na zona habitável da sua estrela, o que significa que tem condições para a formação de água em estado líquido além de possuir a temperatura e a atmosfera certa para o desenvolvimento de vida.

Com a descoberta deste novo planeta, detetado pela sonda com o mesmo nome, os cientistas da NASA acreditam que está cada vez mais próxima a descoberta de um planeta parecido com a Terra.

Lançada em Março de 2009, a sonda Kepler tem por missão procurar planetas-irmãos da Terra suscetíveis de ter vida. Durante dois anos foram identificados 2.326 candidatos a planetas, dos quais 207 com um tamanho aproximado da Terra e 680 com dimensões maiores.

Em Maio, o Centro francês de Investigação Científica anunciou que um dos planetas que orbita a estrela-anã Gliese 581 poderá ser 'habitável', com um clima propício à presença de água líquida e de vida.

Em Agosto, astrónomos suíços confirmaram a existência de um outro exoplaneta (planeta fora do Sistema Solar) em zona orbital habitável, o HD 85512b.

[Notícia sugerida por Elsa Martins e Patrícia Guedes]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório