Negócios e Empreendorismo

Mel: Adote uma colmeia

Sílvia Figueiredo, uma jovem desempregada, decidiu investir no negócio da apicultura e abriu uma loja com vários produtos derivados do mel, dando ainda aos clientes a oportunidade de adotar uma colmeia para usufruir do néctar aí produzido.
Versão para impressão
Sílvia Figueiredo, uma jovem desempregada, decidiu investir no negócio da apicultura e abriu uma loja com vários produtos derivados do mel, dando ainda aos clientes a oportunidade de adotar uma colmeia para usufruir do néctar aí produzido.

Embora o investimento tenha sido baixo, Sílvia já tinha alguns conhecimentos na área, uma vez que o seu pai é apicultor há vários anos.

“As pessoas não levam a colmeia para casa, a colmeia fica no nosso apiário.

Quando é feita a adoção, as pessoas escolhem o número da colmeia que querem. Depois, enviamos um certificado juntamente com alguns brindes aqui da loja”, explica a empresária em entrevista à RTP.

Esta original iniciativa oferece vários pacotes: o mais barato custa 190 euros e dá direito a 25 frascos de mel. A adoção pode ser feita por particulares e empresários, que depois recebem o mel em frascos personalizados.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub