Ambiente

Lontras regressam aos rios britânicos

Após terem estado em perigo de extinção, as lontras voltaram aos rios do Reino Unido, graças à melhoria da qualidade da água. Um censo realizado pela Agência Ambiental britânica identificou 1500 rios com indícios de presença de lontras, uma das maior
Versão para impressão
[Fotografia: © Catherine Trigg]

Após terem estado em perigo de extinção, as lontras voltaram aos rios do Reino Unido, graças à melhoria da qualidade da água. Um censo realizado pela Agência Ambiental britânica identificou 1500 rios com indícios de presença de lontras, uma das maiores recuperações relativamente à população daquela espécie nos últimos 30 anos.

Na década de 70, o desaparecimento das lontras em território britânico parecia inevitável. A partir de então foram banidos os pesticidas tóxicos que ameaçavam a vida daqueles mamíferos e a pureza da água dos rios. Consequentemente, há já regiões do Reino Unido onde a capacidade máxima do habitat da espécie já foi excedida, avança o Telegraph.

“A lontra encontra-se no topo da cadeia alimentar e, como tal, a dimensão das suas populações é um importante indicador da qualidade dos rios britânicos”, afirma Paul Raven, da Agência Ambiental do Reino Unido.

O mesmo responsável garante ao Telegraph que a rede hidrográfica em terras de Sua Majestade apresenta hoje em dia o nível de conservação mais elevado dos últimos 20 anos. No entanto, frisa, “ainda há muito a fazer”.

“Continuaremos a cooperar com agricultores, indústrias e companhias de água para reduzir a poluição e melhorar ainda mais a qualidade da água, para garantir a total recuperação das populações de lontras no país”, explica Paul Raven.

[Notícia sugerida pelas utilizadoras Raquel Baêta e Soraia Oliveira Gomes]

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório