Literatura

Livro: “A Informadora”, de Lindsey Davies

O novo romance de Lindsey Davis, inspirado em factos reais, segue os passos de um crime que ocorre na Roma Antiga, uma viagem no tempo que nos permite ver o mundo antigo, sob a perspetiva de uma mulher.
Versão para impressão
O novo romance de Lindsey Davis, inspirado em factos reais, segue os passos de um crime que ocorre na Roma Antiga, uma viagem no tempo que nos permite ver o mundo antigo, sob a perspetiva de uma mulher.
 
Roma, ano 89 DC. As regras ditam que uma mulher deve ser submissa e modesta. Não deve levantar a voz, vestir roupas extravagantes, sair à noite, beber ou desafiar a autoridade… e muito menos envolver-se em assuntos criminais.
 
Flávia Albia contraria todas estas normas e mais algumas: vive sozinha na zona boémia de Roma, cultiva amizades pouco recomendáveis e não se coíbe de lutar pelos seus direitos.

Filha de um detetive, Flávia decidiu desde cedo seguir os passos do pai. Mas a investigação é uma profissão masculina. Para ser respeitada, ela sabe que terá de ser a mais rápida, a mais perspicaz, a melhor. 
 

Flávia é a única a reparar que o número de mortes inexplicáveis tem vindo a aumentar na cidade. Por não terem ligação entre si nem indícios de violência, não levantaram suspeitas.

As denúncias de Flávia são ignoradas pelas autoridades, que estão demasiado ocupadas com a organização dos Jogos de Ceres, o momento alto do ano. E até mesmo a própria Flávia, distraída com a perspetiva de um novo romance, não vê que a morte está demasiado perto de casa…


Sobre a autora 
 
Lindsey Davis nasceu em Birmingham, Reino Unido, e estudou Literatura Inglesa em Oxford. Com os seus romances policiais passados na Antiguidade Clássica conquistou fama mundial e diversos prémios literários, nomeadamente o Crimewriters’ Association Dagger, o Ellis Peters Historical Dagger e o Sherlock Award.

Em 2009, a cidade de Saragoça atribuiu-lhe o Prémio internacional pela sua carreira de escritora histórica. Graças à notoriedade que Roma ganhou com a sua obra, a cidade honrou-a com o Premio Colosseo, em 2010.
 

Em 2011 foi distinguida com o prémio de carreira Cartier Diamond Dagger pela Crimewriters’ Association.
 

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub