Sociedade

Lisboa: Vagas para formação em contexto de trabalho

A Associação Humanidades, instituição particular de solidariedade social que se dedica a apoiar mães adolescentes, está a promover um programa de formação remunerada em contexto de trabalho para jovens lisboetas em situação de fragilidade.
Versão para impressão
A Associação Humanidades, instituição particular de solidariedade social que se dedica a apoiar mães adolescentes, está a promover um programa de formação remunerada em contexto de trabalho para residentes na região de Lisboa. A formação direciona-se a jovens do sexo feminino com idades entre os 16 e os 25 anos que se encontrem em situação de vulnerabilidade social.
 
O objetivo da iniciativa, que tem disponíveis 10 vagas, é ajudar estas jovens a construir o seu projeto de vida, desenvolvendo competências pessoais, sociais e profissionais e facilitando a sua integração no mercado de trabalho. Ao mesmo tempo pretende-se facilitar o exercício de direitos e deveres de cidadania e combater o risco de exclusão e pobreza.
 
As candidatas terão direito a uma bolsa de formação (no valor de 0,44€ por hora) e também a subsídio de alimentação e transporte, de acordo com o aprovado em candidatura.

Uma vez que o programa é especialmente vocacionado para jovens  – muitas vezes mães ou grávidas – em situações frágeis que procuram uma primeira experiência no mundo do trabalho, não há limite mínimo em termos de habilitações literárias; todas podem inscrever-se independentemente do grau de escolaridade que possuam.
 

Esta formação em contexto de trabalho vai realizar-se através de um estágio de 220 horas numa empresa escolhida individualmente para cada formanda, consoante a apetência vocacional, o sentido para o seu projeto de vida e a disponibilidade no mercado de trabalho.

Ou seja, a escolha da empresa será efetuada tendo em consideração os interesses das jovens, embora a área mais comum selecionada para a formação seja a dos serviços (cabeleireiros, lojas, etc.).

Estágios têm início em Outubro
 

De acordo com os organizadores, todas as formandas terão ainda um técnico(a) que as acompanhará de forma individual, servindo de elo de ligação entre o programa e a empresa que disponibiliza o estágio. “Os técnicos vão até às empresas acompanhar as formandas, o que é importante para as manter apoiadas e evitar desistências”, explica Rita Carvalho, da Associação Humanidades, ao Boas Notícias. 
 
Os estágios arrancarão durante o mês de Outubro de 2012 e as reuniões de preparação com as formandas terão lugar nas instalações do Centro de Apoio à Mulher – Humanus CAM, no Parque de Saúde de Lisboa. 
 
Segundo Rita Carvalho, a iniciativa voltará, provavelmente, a ser repetida no futuro, estando a hipótese de repetição dependente da adesão a esta formação e do sucesso obtido.
 
As inscrições para o programa, que conta com o apoio financeiro do POPH, devem ser efetuadas, de preferência até ao final deste mês, através do e-mail fernando.seabra@humanus.pt, de fax (211 533 266) ou dirigidas ao Centro de Apoio à Mulher para a morada Av. do Brasil, 53, Edifício 27, r/c – Lisboa.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório