Fitness & Bem-estar

Lisboa: Cabine telefónica transforma-se em biblioteca

Em Lisboa, uma antiga cabine telefónica vai ser tranformada numa mini-biblioteca com o objetivo de promover a leitura e de "estreitar os laços" entre os moradores do bairro junto às avenidas de Roma e Guerra Junqueiro.
Versão para impressão
Em Lisboa, uma antiga cabine telefónica vai ser tranformada numa mini-biblioteca 'self-service', com o objetivo de promover a leitura e de “estreitar os laços” entre os moradores do bairro junto às avenidas de Roma e Guerra Junqueiro. 
 
A mesma será inaugurada no próximo dia 23 de Abril, Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor, pelas 19h, e irá contar com um total de entre 50 a 60 livros, incluindo para crianças e jovens, todos eles doados por editoras, livrarias e moradores do bairro.
 
A ideia partiu do Movimento de Comerciantes da Avenida Guerra Junqueiro, Praça de Londres e Avenida de Roma, em parceria com a Portugal Telecom – PT. Na nova Cabine de Leitura, quem quiser levar um livro de empréstimo terá de deixar outro em troca, juntamente com os seus contactos, comprometendo-se a devolvê-lo num prazo estipulado.
 
“Acreditamos no civismo, e que as pessoas irão respeitar as regras. Se, no final do primeiro dia, tiverem desaparecido os livros todos, teremos de os repor”, adianta Carlos Moura-Carvalho, daquele movimento.

Os objetivos da iniciativa passam por estreitar os laços comunitários, fomentar aos hábitos de leitura e promover a cidadania e o gosto pelos livros num espaço inesperado.
 

A localização ainda não é certa, sabendo-se apenas que deverá ficar perto da pastelaria Mexicana – recentemente declarada edifício de interesse público -, na Praça de Londres ou na Avenida Guerra Junqueiro. “Ficará perto de alguma loja, para que haja um controlo de proximidade”, garante o responsável. 
 
O ano passado, Barcelinhos – no norte do país – recebeu um projeto semelhante, com uma biblioteca em forma de cabine, como forma de promoção a uma iniciativa e experiência que já se concretiza noutros países, como, por exemplo, no Reino Unido.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub