Lifestyle

Jovens portugueses criam roupa amiga do ambiente

Dois jovens portugueses lançaram este ano uma marca de vestuário eco-friendly Orus. As peças da Orus são fabricadas em fábricas não poluentes que utilizam o sol e o vento como fontes de energia.
Versão para impressão
À primeira vista podem parecer roupas iguais às outras. Mas as peças da Orus marcam a diferença ainda antes de chegarem ao consumidor já que são produzidas em fábricas não poluentes que utilizam o sol e o vento como fontes de energia. 
 
Por Gisela Gomes*
 
Aos 21 anos, Francisco Duarte pode dizer, com orgulho, que é proprietário de uma marca de vestuário em crescimento. A jovem Orus nasceu em Fevereiro deste ano mas já vende para países como Espanha, França e Itália, além de Portugal. 
 
Em entrevista ao Boas Notícias, Francisco, que fundou a marca com o seu amigo Pedro, também de 21 anos, conta que as peças são produzidas no Reino Unido em fábricas eco-friendly, que utilizam energia solar ou eólica e tem “emissões de poluição reduzidas ou não existentes”.

A jovem marca não usa nenhum químico poluente e só trabalha com “fornecedores certificados”.  Até mesmo as embalagens são amigas do ambiente, com “sacos de cartão reciclado”. 
 

“Sabemos que o público de hoje se preocupa com o ambiente, por isso fazia sentido incorporar essas preocupações no nosso projeto. O próprio nome, Orus, está ligado à natureza. O prefixo da palavra é grego e significa 'montanhas'”, conta o co-fundador da marca.
 
O tecido utilizado na roupa da Orus é 100 por cento algodão
 
O uso de materiais 100% naturais e processos de produção limpos tem mais que uma vantagem: para além de ajudar o ambiente, todos os artigos são anti-alérgicos. 

Preços justos e competitivos
 
O facto dos artigos serem eco-friendly não aumenta o preço como se poderia esperar. Francisco diz que os preços são “justos e competitivos” de modo a que sejam “acessíveis a todos”. A Orus vende t-shirts a 14 euros, óculos a 16 e 'sweatshirts' a 25 euros.
 
A Orus já tem várias parcerias com atores como o Pedro Martins, que faz de Sebastião na série Massa Fresca

Atualmente, a Orus trabalha exclusivamente com o mercado online, mas no futuro gostariam de "expor alguns produtos em lojas multi-marcas" ou até mesmo abrir uma loja só deles, um espaço que siga o "espírito eco-friendly e continue com os ideais do preço justo e acessível".


O design das peças Orus é simples e unissexo mas Francisco diz que em breve a marca vai criar uma linha feminina "para poderem levar ao mercado 'tops', bodies e calças para rapariga". De qualquer forma, já este Inverno, vão chegar 10 novas peças a tempo de tornar este Natal mais amigo do ambiente.
 

*Edição de Patrícia Maia

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório