Sociedade

Jovens: 250 mil euros para estágios profissionais

A Associação de Empresários pela Inclusão Social vai disponibilizar um fundo de 250 mil euros para apoiar estágios profissionais de seis meses destinados a jovens em risco de exclusão.
Versão para impressão
A Associação de Empresários pela Inclusão Social (EPIS) vai disponibilizar um fundo de 250 mil euros para apoiar estágios profissionais de seis meses destinados a jovens adultos em risco de exclusão.
 
A ação destina-se a jovens adultos (a partir dos 18 anos) que tenham completado o 9º ano e queiram optar por uma via profissional, refere o comunicado divulgado pela associação.

O fundo de 250 mil euros deverá apoiar cerca de 200 jovens em risco de exclusão social até ao final de 2013. O primeiro montante deverá ser disponibilizado já a partir de Outubro deste ano.
 
Numa primeira fase, o fundo será aplicado em Matosinhos, Paredes, Pampilhosa da Serra, Amadora e Setúbal, devendo depois chegar ao Porto, Sintra, Évora e São Brás de Alportel. Os estágios a criar terão a duração de seis meses, com um valor mensal de remuneração de 419,22 euros, subsídio de almoço e contribuições para segurança social.
 
O apoio financeiro privilegiará os jovens que estejam em programas da EPIS e tenham revelado dedicação e bons resultados, mesmo com um histórico de insucesso escolar.

Projeto de inovação social

Os estágios, a serem apoiados em 50% pela EPIS e em 50% pelas empresas, foram criados numa perspetiva de teste-piloto, como solução de inovação social, num momento em que estes jovens se deparam com várias barreiras no que refere à entrada no mercado de trabalho, nomeadamente a atual conjuntura económica que inibe as empresas de contratarem.
 
As candidaturas para os estágios profissionais deverão ser efetuadas pelas entidades empregadoras, públicas ou privadas, em ligação com as instituições de ensino ou formação a que os jovens estejam ligados. Os regulamentos do procedimento serão publicados pela EPIS em data próxima ao início de Outubro.
 
A EPIS foi criada em 2007 e, desde então, tem trabalhado em vários programas de combate ao insucesso e ao abandono escolar. Ao todo, já acompanhou por todo o país mais de 10 mil alunos, tendo conseguido que grande parte dos jovens retomasse os percursos de educação e formação e recuperasse o sucesso escolar.
 
Para aceder a mais informações clique aqui.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub