Mundo

João Silva volta a fotografar apoiado nas suas próteses

NULL
Versão para impressão
Depois de ter pisado uma mina no Afeganistão que lhe custou as duas pernas, o fotógrafo lusodescente João Silva está de volta ao trabalho com uma fotografia na primeira página do jornal norte-americano New York Times (NYT).

Nove meses após ter perdido as pernas durante um trabalho para o NYT, o fotógrafo – que tem estado em recuperação no famoso Centro Médico do Exército Walter Reed – volta a ver o seu trabalho publicado no jornal com uma foto da cerimónia de encerramento das instalações do hospital, que deverá encerrar no fim de agosto. 

Quando o jornal o contactou para saber se podia fazer a cobertura fotográfica, João já se tinha adiantado. A correspondente do jornal Sabrina Tavernise deslocou-se ao hospital para fazer a cobertura do evento e ficou surpreendida ao encontrar a cara conhecida de João Silva de máquina fotográfica em punho.

No blogue do NYT, os jornalistas David  Dunplap e James Estrin afirmam que nunca esperavam um regresso tão rápido: “Todos acreditávamos (…) que este dia feliz ia chegar. Mas não pensávamos que acontecesse apenas nove meses depois”, confessam.

Na foto assinada por João Silva, vemos soldados e visitantes do centro médico admirando, com espanto, uma demonstração de paraquedistas, de olhos postos no céu.

Citado pelo jornal, João Silva, que ainda se apoia numa bengala, afirmou: “É uma questão de fazer o melhor com aquilo que tenho. Chegará o tempo em que voltarei a correr. Agora posso andar”. 

Agora que já consegue ter autonomia com as suas próteses, João Silva vai continuar a receber acompanhamento médico no National Naval Medical Center, em Bethesda.

Clique AQUI para aceder ao artigo do Lens e ver a foto de João Silva e clique AQUI para aceder ao site do próprio fotógrafo.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório