Cultura

Jacques Tati assina argumento de “O Mágico”

Já estreou nas salas de cinema nacionais "O Mágico", filme de animação com argumento original do realizador francês Jacques Tati, falecido em 1982. Esta produção franco-britânica conta a história de um ilusionista que, uma vez na Escócia, tenta dar o
Versão para impressão
Já estreou nas salas de cinema nacionais “O Mágico”, filme de animação com argumento original do realizador francês Jacques Tati, falecido em 1982. Esta produção franco-britânica conta a história de um ilusionista que, uma vez na Escócia, tenta dar outro rumo à sua carreira e encontra uma jovem fascinada pelo mundo do espetáculo.

Dirigido por Sylvain Chomet realizador de (“Belleville Rendez-vous”), o filme começou a ganhar forma entre 1956 e 1959, quando Jacques Tati começou a escrever o seu argumento, juntamente com Henri Marquet.

Tati teria intenções de o interpretar, dando o papel da jovem à sua filha Sophie. Não tendo sido concretizado, o projeto foi arquivado após a morte do realizador francês, no Centre National de la Cinématographie, com o título Film Tati N.º 4.

Três décadas depois, aí está “O Mágico” nos cinemas, relembrando o papel secundário para que as formas de espetáculo como a magia foram relegadas, em prol do rock e das primeiras super estrelas da música.

É assim que o mágico do filme de Chomet (voz de Jean-Caluda Donda) percebe que a sua atividade como ilusionista está em perigo e que, se nada fizer contra isso, cairá na miséria como tantos outros artistas de renome. Por isso, abandona Paris e segue para a Escócia, onde encontra Alice (Eilidh Rankin), uma rapariga que mudará toda a sua forma de viver.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub