Ciência

Investigadora da UL ganha prémio internacional

A investigadora do Centro de Estudos Geográficos e estudante de mestrado do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa, Vanessa Baptista, recebeu o prémio de "Outstanding Presentation for Early Career Scientist
Versão para impressão
A investigadora do Centro de Estudos Geográficos e estudante de mestrado do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa, Vanessa Baptista, recebeu o prémio de “Outstanding Presentation for Early Career Scientists” na Oslo IPY Science Conference, uma das maiores conferências internacionais sobre ciência polar que decorreu na Noruega.

“Este prémio vem reconhecer a importância do trabalho de Vanessa Batista realizado na ilha Deception na Antártida Marítima, sobre os fatores que controlam a camada ativa do permafrost, a nível espacial e temporal”, explica o Comité Polar Português em comunicado.

De acordo com a mesma fonte, participaram com apresentações orais ou em poster 750 investigadores em início de carreira. A investigadora portuguesa foi uma dos 12 premiados com o prémio de melhor poster de apresentação na categoria 2 – “Past, Present and Future Changes in Polar Regions”.

A distinção foi entregue por Jennifer Provencher, coordenadora do Awards Committee e por Jonas Gahr Støre, Ministro Norueguês dos Negócios Estrangeiros.

A investigação na qual Vanessa Batista foi a primeira autora contou com a colaboração de colegas do CEG/IGOT-UL, da Universidade de Alcalá de Henares (Espanha) e da Universidade de Buenos Aires (Argentina).

Na conferência polar participaram 2.300 cientistas de todo o mundo para apresentarem os resultados do Ano Polar Internacional (2007-2009).

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório