Saúde

Investigador da Uni. do Porto distinguido nos EUA

O Professor Fernando Schmitt, investigador do Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto (IPATIMUP) foi nomeado pela sociedade norte-americana de citopatologia como o Educador do Ano para 2011.

Versão para impressão
O Professor Fernando Schmitt, investigador do Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto (IPATIMUP) foi nomeado pela sociedade norte-americana de citopatologia como o Educador do Ano para 2011.

De acordo com comunicado oficial do IPATIMUP, a Papanicolaou Society of Cytopathology (PSC) dos EUA premeia desde 2000 os médicos ou investigadores na área da citopatolgia que tenham contribuído de forma significativa para a educação nesta área.

Esta foi apenas a segunda vez que o prémio é atribuído a um especialista não residente nos EUA. Fernando Scmitt, natural do Brasil vive em Portugal há 20 anos manifestou à Lusa “uma grande surpresa” com a atribuição deste prémio e confessou também ser muito gratificante em termos de carreira.

“Para mim é muito importante porque representa o reconhecimento de uma entidade completamente independente”, afirmou o laureado, que é também presidente da Sociedade Europeia de Citologia, acrescentando que esta distinção, para além de estar a reconhecer o valor daquilo que se faz em Portugal, é um estímulo para novas missões e projetos.

No currículo, Fernando Schmitt, é responsável pela realização de vários cursos em diferentes partes do mundo, da Europa à África, passando pela América Latina e pelo Médio Oriente ou Estados Unidos. Ensinar estudantes de medicina e fazer investigação em patologia da mama, bem como atuar na área do diagnóstico em citopatologia aspirativa são as atividades em que se distingue e pelas quais foi agora distinguido.

Atualmente é ainda Editor Associado as revistas Diagnostic Cytopathology (USA) e BMC Cancer (UK) e pertence ao corpo editorial de várias revistas científicas. Pertence a vários comités científicos de Sociedades Nacionais e Internacionais de Citologia e Patologia e é o Secretário-geral da Academia Internacional de Citologia (IAC) e Presidente da Federação Europeia de Sociedades de Citologia (EFCS).

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub