Inovação e Tecnologia

Internet: Utilizadores decidem se vêem publicidade

Os motores de busca do Mozilla e da Google serão alterados de forma a permitir que os utilizadores filtrem, mais eficazmente, os anúncios publicitários, bloqueando, ou não, a sua visualização nos sites que visitam.
Versão para impressão
Os motores de busca do Mozilla e da Google serão alterados de forma a permitir que os utilizadores filtrem, mais eficazmente, os anúncios publicitários, bloqueando, ou não, a sua visualização nos sites que visitam.

Concretamente, o Mozilla propôs acrescentar um botão ao seu navegador, o Firefox, que dá aos cibernautas a hipótese de pedirem automaticamente aos sites que visitam para que não recolham informação sobre as suas buscas online.

Por seu lado, a Google apresentou uma função para evitar os cookies, linhas de código utilizadas pelos sites para espiar a actividade dos utilizadores. No entanto, a gigante norte-americana alerta para eventuais alterações na forma de navegar na Internet, em consequência dessa nova funcionalidade.

“Tenham em atenção que, assim que instalem esta função, a gestão das publicidades online pode mudar”, alertaram dois responsáveis da Google, Sean Harvey e Rajás Mooka, no blogue do grupo.

Contudo, estas serão alterações algo difíceis de implementar, uma vez que os portais continuam a ter a última palavra na decisão de respeitar ou não o pedido dos utilizadores. Recorde-se que a recolher de dados dos cibernautas é fundamental para os anunciantes que fazem campanhas nas diferentes páginas da Internet.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub