Mundo

Hong-Kong fixa salário mínimo pela 1ª vez

Os deputados do Conselho Legislativo de Hong Kong aprovaram, pela primeira vez na história da antiga colónia britânica, a fixação de um salário mínimo que ficou pelos 2,74 euros à hora. A medida foi adoptada pelo parlamento da cidade, depois da divul
Versão para impressão
Os deputados do Conselho Legislativo de Hong Kong aprovaram, pela primeira vez na história da antiga colónia britânica, a fixação de um salário mínimo que ficou pelos 2,74 euros à hora. A medida foi adoptada pelo parlamento da cidade, depois da divulgação pública de um relatório que indica um crescimento de 21% da riqueza dos multimilionários de Hong Kong, avança a imprensa internacional.

Depois de uma maratona de mais de nove horas de discussão, o Conselho Legislativo – o parlamento do território – aprovou a proposta de fixação do salário mínimo em 28 dólares de Hong Kong (2,74 euros) com 44 deputados a favor do valor que entrará em vigor a 01 de Maio.

A lei que prevê a fixação de um salário mínimo foi aprovada em Julho passado e a taxa proposta pelo Executivo de Donald Tsang foi conhecida em Novembro, mas tinha de ser ratificada pelos deputados. Foi também ratificada a proposta de aumentar os salários dos cerca de 314.600 trabalhadores da cidade em cerca de 17 porcento.

O estabelecimento de um salário mínimo tem dividido a sociedade, nomeadamente trabalhadores e empregadores, com os últimos a defenderem um mercado livre com a alegação de que a imposição de pagamentos mínimos levaria à perda de emprego generalizado entre os trabalhadores mais pobres.

Hong Kong, com sete milhões de habitantes, é uma conhecida praça financeira com magnatas no topo de impérios e vários interesses em diversos setores da economia local e internacional. No entanto, a atual Região Administrativa Especial chinesa é também palco de profundas disparidades sociais, albergando milhares de trabalhadores indiferenciados com salários muito baixos.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub