Fitness & Bem-estar

Graça: Lisboa tem novo Centro de Formação Artística

Depois de 10 anos de portas fechadas, o antigo Teatro da Graça volta a entrar em funcionamento, desta vez para acolher um centro de formação artística e um projeto de dança contemporânea. A apresentação oficial do projeto decorre este domingo, entre
Versão para impressão
Depois de passar cerca de 15 anos de portas fechadas, o antigo Teatro da Graça volta a entrar em funcionamento, desta vez para acolher um Centro de Formação Artística e o projeto Eira, dedicado à dança contemporânea. A inauguração decorre este domingo, entre as 10h e as 23h, e todos estão convidados a aparecer. 

O número 11 da Travessa de São Vicente volta a ser uma casa onde habitam as artes – performativas e não só. Depois de estar mais de uma década sem funcionar, o antigo Teatro da Graça transforma-se agora no Teatro da Voz e começa já no mês de Outubro as suas atividades de formação, destinadas a alunos da Voz do Operário, que têm direito a preços especiais, mas também ao público em geral. 
 
A festa de inauguração decorre já no domingo, a partir das 10h, e conta com uma aula aberta de dança para os mais novos, histórias musicadas, performances, intervenções musicais e, para encerrar o dia, uma sessão de DJ set. A entrada no evento de domingo é livre.

Estúdio com várias valências

Sara Machado, uma das responsáveis do Teatro Voz, explicou ao Boas Notícias que a ideia de recuperar este espaço surgiu depois da Eira ter decidido abandonar a sua antiga sala, nos Bombeiros Lisbonenses, onde o valor da renda se estava a tornar incomportável.
 
“Sílvia Real, uma colaboradora da Eira, já estava a trabalhar com alunos da Voz do Operário e soube que o espaço estava vazio. Percebemos então que esta parceria tinha muito potencial e, no início do Verão, oficializámos o acordo”, recorda Sara Machado.
 
Uma vez que o edifício esteve tantos anos ao abandono, os elementos do Teatro da Voz dedicaram “muitas horas a limpar e a recuperar a sala”. Agora, o antigo Teatro da Graça transformou-se numa espécie de “estúdio polivalente que está preparado para acolher desde aulas de dança a peças de teatro ou ensaios musicais, entre outros eventos”. 

Cursos começam já este mês
 
Desenho, dança, teatro e música são algumas das áreas abrangidas pelos cursos que vão decorrer nestas instalações, durante a parte da tarde, já a partir de Outubro. A maior parte das formações tem um custo de 35 euros por mês. Os cursos são destinados a alunos de diferentes idades.   

Além do Centro de Formação artística, o Teatro da Voz vai acolher o projeto de dança Eira – que assinala o seu 20º aniversário no mesmo dia da inauguração, 06 de Outubro.

O objetivo da EIRA é promover o desenvolvimento da dança contemporânea enquanto estrutura de criação, produção e difusão de artistas, espetáculos e eventos, e também enquanto espaço de trabalho e cruzamento de criadores.


O Teatro da Voz vai também acolher outras atividades como exibição de filmes, concertos e mercados ou feiras. Para o mês de Novembro, por exemplo, está já agendada a exibição, no dia 17 pelas 11h, do documentário “Com quase nada”, do português Carlos Barroco.

Para Dezembro, dia 15, também às 11h, está prevista uma história-concerto para os mais novos. No mesmo dia, à tarde, decorre uma feira de Natal onde as crianças e os avós são convidados a montar uma banca.
 

Clique AQUI para saber mais sobre este novo espaço.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub