Sociedade

Governo paga dívida e mantém passes sociais

Foi publicada esta quarta-feira em Diário da república a resolução do Conselho de Ministros que autoriza o Orçamento de Estado a pagar quase 19 milhões de euros para manter os passes sociais nas transportadoras privadas em Lisboa.
Versão para impressão
Foi publicada esta quarta-feira em Diário da república a resolução do Conselho de Ministros que autoriza o Orçamento de Estado a pagar quase 19 milhões de euros para manter os passes sociais nas transportadoras privadas em Lisboa.

As compensações surgem depois da ameaça das transportadoras de passageiros em deixar de vender passes sociais caso o Estado não pagasse os 15 milhões de euros em dívida.

“Razões de interesse público aconselham que se mantenha a oferta aos passageiros dos referidos títulos de transporte, vulgarmente designados `passes sociais´, pela sua importância em termos de mobilidade da população e de gestão da política de transportes na área metropolitana de Lisboa”, conforme alega a resolução publicada.

Assim sendo, a Rodoviária de Lisboa receberá 7.817.966 euros, a Transportes Sul do Tejo 486.349, a Vimeca 5.534.252, a Scotturb 108.374, num total de 18.946.941 euros.

O montante acordado, acrescido de IVA, será pago pela Direcção-Geral do Tesouro e Finanças.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório