Sociedade

Governo: espaços sociais criarão 10 mil empregos

Os 612 equipamentos sociais que estão em construção, no âmbito do Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos (Pares), por todo o país, vão criar cerca de 10 mil postos de trabalho diretos.
Versão para impressão
Os 612 equipamentos sociais que estão em construção, no âmbito do Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos (Pares), por todo o país, vão criar cerca de 10 mil postos de trabalho diretos.

Em declarações à agência Lusa no seguimento de uma série de inaugurações de equipamentos sociais na zona de Aveiro, a secretária de Estado adjunta e da reabilitação, Idália Moniz, salientou a importância que o PARES está a ter na fomentação do emprego.

“Estão 612 obras em construção em todo o país, que vão criar 1.058 respostas sociais (lares de idosos, creches) para 30.331 novos utentes. Além disso, vão criar 10 mil novos postos de trabalho diretos”, avançou Idália Moniz.

No caso dos três equipamentos que hoje são inaugurados no distrito de Aveiro, um centro de dia, um lar e uma creche, foram criados 47 novos postos de trabalho. Os equipamentos tiveram um custo de 1,3 milhões de euros.

Como forma de balanço do Pares, a secretária de Estado adjunta e da Reabilitação acrescentou ainda que todos os dias a segurança social transfere para Institutos Particulares de Solidariedade Social (IPSS), que depois gerem estes equipamentos, 3,3 milhões de euros, o que perfaz um total anual de 1,192 mil milhões de euros.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório