Mundo

Facebook: vítima do Holocausto homenageada

Como forma de manter viva a memória do holocausto e das suas vítimas uma associação polaca de Lublin, "Porta de Grodzka", criou no facebook um perfil de uma criança assassinada pelos nazis durante a II Guerra Mundial. A página de Henio Zytomirski foi
Versão para impressão
Como forma de manter viva a memória do holocausto e das suas vítimas uma associação polaca de Lublin, “Porta de Grodzka”, criou no facebook um perfil de uma criança assassinada pelos nazis durante a II Guerra Mundial. A página de Henio Zytomirski foi criada a 25 de Março, data do seu aniversário, e já conta com 5 mil amigos.

Henio Zytomirski tinha apenas sete anos quando morreu numa câmara de gás num campo de concentração nazi e serve assim de representação simbólica dos milhões de vítimas que pereceram nas mãos dos nazis. Faria 77 anos se estivesse vivo e no mural sucedem-se mensagens emocionadas de parabéns.

Piotr Brozek, estudante de História e membro da Porta de Grodzka, explicou que, ao usar a história de Henio, pretendem “aproximar essa história e o drama do Holocausto dos jovens que hoje usam as novas tecnologias e as redes sociais”. E adianta: “Infelizmente não podemos contar seis milhões de histórias; escolhemos a de Henio porque tínhamos as suas fotos.”

A ideia surgiu no verão passado quando uma prima de Henio entregou um pacote de velhas fotografias à Porta de Grodzka, que luta contra o racismo e procura manter viva a lembrança do Holocausto através da arte.

Para saber mais sobre a história de Henio pode consultar o perfil no Facebook ou o site oficial da Porta de Grodzka.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório