Sociedade

Eurodeputado financia bolsas de estudo

Rui Tavares, eurodeputado português eleito pelo Bloco de Esquerda, anunciou esta sexta-feira o lançamento de bolsas de estudo que podem cobrir várias áreas profissionais, no valor de 1500 euros mensais. O valor é financiado pelos próprios rendim
Versão para impressão
Rui Tavares, eurodeputado português eleito pelo Bloco de Esquerda, anunciou esta sexta-feira o lançamento de bolsas de estudo que podem cobrir várias áreas profissionais, no valor de 1500 euros mensais. O valor é financiado pelos próprios rendimentos do deputado.

Em declarações à agência Lusa, Rui Tavares justifica a sua iniciativa: “Independentemente de achar que deve haver uma política pública para as bolsas de estudo acho que não faz mal que os indivíduos também possam participar (…) Eu, apesar de o salário de eurodeputado não ser essa coisa tão grande quanto se diz, posso fazê-lo agora”.

Ressalvando que “os potenciais candidatos a estas bolsas excluem determinantemente relações pessoais do eurodeputado, funcionários do Parlamento Europeu ou do Parlamento Português e militantes do Bloco de Esquerda”, Rui Tavares adiantou ainda que não há limite de idade, critérios de nacionalidades ou restrições temáticas para as bolsas de estudo.

O deputado vai disponibilizar 1500 euros mensais, que poderão ser repartidos por duas bolsas de estudo de 750 euros, dependendo do interesse e relevância dos projetos apresentados.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório