Mundo

EUA e China enviam ajuda monetária ao Paquistão

Os EUA vão contribuir com 10 milhões de dólares, cerca de oito milhões de euros, ao Paquistão para apoiar as vítimas das inundações que afetaram mais de um milhão de pessoas nos últimos dias. A China também fez saber que irá doar cerca de um milhão d
Versão para impressão
Os EUA vão contribuir com 10 milhões de dólares, cerca de oito milhões de euros, ao Paquistão para apoiar as vítimas das inundações que afetaram mais de um milhão de pessoas nos últimos dias. A China também fez saber que irá doar cerca de um milhão de euros para combater as inundações e ajudar nas operações de resgate.

“Os paquistaneses são nossos amigos e nossos aliados. Os Estados Unidos estão ao seu lado no momento em que o trágico registro de perdas humanas aumenta no noroeste do Paquistão”, explicou secretária de Estado, Hillary Clinton em um comunicado citado pela AFP.

O ONU também já fez chegar a sua ajuda humanitária. De acordo com a ONU, o Programa Alimentar Mundial (PAM) vai distribuir refeições de emergência a 35 mil famílias e espera aumentar esse número para as 150 mil nos próximos três meses.

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), de acordo com a TSF, forneceu tendas de campanha e outros materiais de emergência às autoridades das zonas afetadas.  

A Organização Mundial de Saúde (OMS) vai prestar ajuda médica e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) encarregou-se de garantir água potável para as vítimas.
Cerca de 1.100 pessoas morreram em consequência das cheias.

Helicópteros norte-americanos procederam ao resgate de mais de 700 pessoas. Casos de diarreia e cólera proliferam no território devastado por esta catástrofe.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório