Cultura

EUA: Artista faz obras de arte com balões de ar

O norte-americano Larry Moss cria as suas obras usando, apenas, balões de ar e já fundou uma empresa, a Airigami, onde dá asas à criatividade, criando mundos surpreendentes feitos de balões.
Versão para impressão
Podemos dizer que é um verdadeiro artista mas dispensa tintas ou pincéis. O norte-americano Larry Moss cria as suas obras usando, apenas, balões de ar e já  fundou uma empresa, a Airigami, onde dá asas à criatividade, criando mundos surpreendentes feitos de balões.

por Andreia Duarte*
 

Os balões sempre estiveram presentes na vida de Larry Moss, que começou, muito jovem, a fazer pequenos espetáculos nas ruas de Nova Iorque. Depois, durante 27 anos, viveu como artista e ‘entertainer’. Há cerca de 10 anos atrás decidiu apostar a sério nas criações com balões de ar mas ninguém o levou a sério. 
 


Larry explica ao Boas Notícias que decidiu começar a recriar em balões obras de arte conhecidas – como a Mona Lisa, de Da Vinci, ou as latas de sopa Campbell, do Andy Warhol. Apesar da desconfiança, as pessoas ficaram impressionadas com o seu talento. 
 
Em conjunto com a artista e designer Kelly Cheatle, Larry tem feito crescer os estúdios da Airigami. “Fazemos tudo desde pequenas esculturas a construções gigantes, com milhares de balões, capazes de encher salas de museus e galerias de arte”, contou Larry. A dupla tem, até, apostado na moda, criando vestidos e outras peças de vestuário em balões.

“Uma mão cheia de balões” chegou para recriar a Mona Lisa. Nada que se compare com os milhares de balões que são necessários para construir dinossauros [ver vídeo acima] ou para criar cenários como um campo de futebol gigante onde a bola tinha a altura de uma pessoa [imagem abaixo].


Image and video hosting by TinyPic

A equipa recorre também, muitas vezes, aos balões de ar para recriar cenas famosas de contos infantis, como os Três Porquinhos, O Capuchinho Vermelho, A Princesa e a Ervilha e muitos outros. Estas cenas são depois fotografadas e usadas nos livros como ilustrações.

Larry tem também uma série de performances com balões, destinadas às escolas, que ensinam aos mais novos como funcionam determinados mecanismos, construindo, por exemplo, ratoeiras gigantes com balões.
 

Larry contou ao Boas Notícias que esta técnica não é mais complicada do que outras técnicas artísticas. “É como trabalhar com outro meio artístico. Depois de aprender a trabalhar com ele, podes criar o que quiseres”, salienta.

Pedidos de todo o mundo
 

Apesar destas criações terem um prazo de existência física curto, porque os balões acabam por se esvaziar, o projeto tem sido sucesso. A dupla recebe pedidos de várias partes do mundo e também tem muitos convites para dar formações em diferentes países.

Image and video hosting by TinyPicA Airigimi mantém os seus estúdios em Rochester, em Nova Iorque, onde a maior parte dos seus trabalhos e produções fotográficas são desenvolvidos. No entanto, quando se tratam de trabalhos de maior dimensão, estes têm de 

ser realizados diretamente no local onde vão estar expostos. 
 
Larry (na foto ao lado), de 42 anos de idade, e Kelly, de 36, podem gabar-se de serem artistas a tempo inteiro. “Passamos o tempo todo a criar”, refere Larry. A inspiração destes artistas surge muitas vezes “graças aos sorrisos” que vêm “nos rostos das pessoas” quando olham para os seus trabalhos.

“Mas também, como é que se pode olhar para um balão e não sorrir?”, remata o artista que pinta e representa o mundo, sem usar tintas nem pincéis.

Clique AQUI para ver uma galeria dos trabalhos da Airigami. Pode consultar o site da Airigami AQUI.

*edição de Patrícia Maia

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub