Ambiente

Estudo comprova que tubarões valem mais vivos

NULL
Versão para impressão
Um tubarão vale 750 vezes mais se estiver vivo e no seu habitat natural num ano do que se for morto e as suas barbatanas comercializadas para, por exemplo, a gastronomia chinesa, de acordo com um estudo realizado na Austrália.

O Instituto Australiano de Ciências Marinhas e a Universidade da Austrália Ocidental realizaram um estudo que quantifica o lucro que a indústria do turismo com tubarões traz às ilhas do Pacífico.

Um só tubarão vivo rende anualmente 124 mil euros ao setor do turismo, sendo que, durante todo o seu tempo de vida, pode ultrapassar os 1,4 milhões de euros de lucro. Já as suas barbatanas valem apenas 122 euros.

Por terem fama de serem animais perigosos e temíveis, são muitos os turistas que fazem excursões para ver os tubarões mais de perto., um valor residual e que vem trazer mais um argumento no combate à caça destes animais.

Os lucros com o turismo dos tubarões representam 8% do PIB da República do Palau, no Pacífico, e o retorno dos impostos correspondem a 14% das receitas fiscais dos negócios do país.

Este foi um dos primeiros países a proibir a declarar as suas águas santuário para os tubarões, um movimento crescente a que outros países já se juntaram.

Matt Rand, um dos responsáveis pelo estudo, afirma em comunicado que “a pesca excessiva do tubarão pode ter efeitos desastrosos nos ecossistemas dos Oceanos, mas este estudo pode vir a convencer mais países a proteger estes animais pelo seu valor para os oceanos e para o bem estar financeiro de um país”.

Leia AQUI o comunicado.

[Esta notícia foi sugerida por Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório