Ambiente

Espanha investe na conservação do urso pardo

O governo espanhol vai investir 1,7 milhões de euros na recuperação do habitat do pardo, espécie que contou com um número recorde no ano passado com o maior registo nos últimos 20 anos de 28 fêmeas e 54 crias, conforme revelou o ministério do ambient
Versão para impressão
O governo espanhol vai investir 1,7 milhões de euros na recuperação do habitat do pardo, espécie que contou com um número recorde no ano passado com o maior registo nos últimos 20 anos de 28 fêmeas e 54 crias, conforme revelou o ministério do ambiente espanhol.

Em 2010 procedeu-se à recuperação de corredores ecológicos para o urso pardo nas Astúrias com a plantação de árvores autóctones, escreve o jornal Público.

Para 2011 já estão programadas intervenções nas Astúrias e Leão. Na Galiza vai ser investido 50 mil euros para a regeneração natural da floresta para aumentar o habitat do urso.

Monitorizar as populações, analisar a diversidade genética e proceder a ações de sensibilização junto das populações, em especial junto dos pastores são outras das medidas a ter em conta este ano.

O urso pardo já ocupou toda a Península Ibérica mas atualmente é uma espécie em vias de extinção. Nos Pirenéus centrais foram introduzidos seis exemplares vindos da Eslovénia entre 1996 e 1997.

[Notícia sugerida pelo utilizador Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub