Sociedade

Ensino: Portuguesa preside a associação internacional

Assunção Flores, professora do Instituto de Educação da Universidade do Minho (UMinho), acaba de ser eleita presidente da Associação Internacional de Estudo dos Professores e do Ensino (ISATT), considerada uma das mais prestigiadas na área.
Versão para impressão
Assunção Flores, professora do Instituto de Educação da Universidade do Minho (UMinho), acaba de ser eleita presidente da Associação Internacional de Estudo dos Professores e do Ensino (ISATT), considerada uma das mais prestigiadas na área. A docente torna-se, assim, a primeira portuguesa a assumir este cargo.
 
De acordo com um comunicado enviado pela UMinho ao Boas Notícias, a eleição de Assunção Flores, que é também investigadora do Centro de Investigação em Estudos da Criança da UMinho, aconteceu na Universidade de Ghent, na Bélgica, no âmbito do 16º Congresso Bienal desta associação. 
 
“Esta eleição representa o reconhecimento internacional do meu trabalho e das minhas qualidades pessoais e profissionais, nomeadamente a capacidade de investigação e de liderança”, considera Assunção Flores, que, além de continuar a desenvolver a missão da ISATT, ambiciona expandir a associação nas regiões mundiais onde está menos representada e disseminar o trabalho da mesma em fóruns e conferências.
 
O objetivo da ISATT passa por potenciar a articulação entre a investigação, a prática e a política, nomeadamente no que diz respeito à formação de professores para o século XXI e à melhoria da educação, através do debate e da produção de documentos relevantes neste domínio.

Associação conta com membros de 50 países
 

Da direção desta associação internacional, fundada em 1983 e que, portanto, comemora, este ano, o seu 30º aniversário, fazem também parte investigadores oriundos dos EUA, Inglaterra, Suíça, Austrália, Nova Zelândia. 
 
A organização conta com membros oriundos de 50 países dos vários continentes com o fim de promover, analisar e divulgar investigação sobre os professores e o ensino, além de aprofundar o conhecimento e a prática no sentido da melhoria da qualidade da educação. 
 
Assunção Flores, que agora irá presidir à ISATT, é licenciada em Ensino de Português-Francês e doutorada em Educação pela Universidade de Nottingham, no Reino Unido, assumindo, igualmente, o cargo de presidente do Conselho Internacional de Educação para o Ensino (ICET), sediado nos EUA, onde é também a única e primeira portuguesa na direção.
 
A professora portuguesa integra ainda várias associações científicas internacionais e desenvolve diversos projetos com universidades estrangeiras, tendo já assinadas mais de 200 publicações e colaborando regularmente com conceituadas revistas científicas mundiais, como editora associada, consultora e autora. 

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub