Ambiente

Empire State Building reduz em 38% o consumo de energia

NULL
Versão para impressão
O Empire State Building, edifício mas alto na cidade de Nova Iorque, vai passar a poupar 38 por cento de energia. A remodelação do prédio, que custou 400 milhões de euros, incluiu uma redução do consumo energético equivalente a uma poupança anual em energia de 3,2 milhões de euros.

A renovação do edifício mais popular da cidade de Nova Iorque, que completa este ano o seu 80º aniversário, teve sempre em conta as diretivas da energia sustentável.

As melhorias instauradas vão reduzir as emissões de carbono em cerca de 105.000 toneladas métricas em 15 anos, avança a agência Reuters.

“Quando foi construído, o Empire State Building tornou-se num ícone da sua época”, disse à Reuters David Bragdon, diretor do Departamento de Planeamento e Sustentabilidade da autarquia de Nova Iorque.

O responsável do departamento considera que “devido ao importante investimento em eficiência energética, o edifício será também um ícone do século XXI, liderando em termos de renovação e melhoramento dos edifícios existentes para ir ao encontro das condições energéticas modernas”.

Devido às remodelação ecológica, o  Empire State Building recebeu a certificação LEED, atribuída pelo Green Building Certification Institute (GBCI).

Clique AQUI para conhecer o projeto de remodelação.

[Notícia sugerida por Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório