Saúde

“Elixir da juventude” encontrado na Ilha da Páscoa

NULL
Versão para impressão

Segundo uma equipa de investigadores da Universidade de Harvard, a ilha da Páscoa, no Chile, possui o elixir da juventude. O estudo publicado na revista “Science Translational Medicine” indica a descoberta de uma bactéria que atrasa o envelhecimento das células e dos organismos.

A descoberta da bactéria, que dá pelo nome de Streptomyces hygroscopicus, permitiu desenvolver um fármaco que atrasa o envelhecimento e pode ser útil, sobretudo, para tratar doentes com o síndroma Hutchinson-Gilford, uma doença que provoca o envelhecimento prematuro.

O composto dá pelo nome de rapamicina, nome atribuído em homenagem ao arquipélago Rapa Nui, onde foi descoberta a bactéria. Nas suas primeiras aplicações, a droga foi usada para impedir a rejeição de órgãos transplantados mas a sua capacidade para impedir o crescimento das células conduziu à nova pesquisa.

A equipa de investigadores testou os efeitos da substância em células de crianças que sofrem de Hutchinson-Gilford e o composto conseguiu inibir o efeito da proteína Progerin, responsável pela doença, revertendo os seus efeitos nocivos.

Após o tratamento concluiu-se que as células tratadas viveram mais tempo do que o normal, avançou a equipa. Desta forma, os cientistas acreditam que a rapamicina poderá servir para desenvolver o “elixir da juventude”, podendo retardar os efeitos do envelhecimento.

Clique AQUI para consultar o estudo na íntegra.

[Notícia sugeirda por Ana Guerreiro Pereira e Vitor Caixeiro]

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório