Saúde

Doença pneumocócica terá vacinas gratuitas

Os adolescentes ou crianças nascidas a partir de 1 de Janeiro de 1993 e consideradas de risco terão direito a partir de agora a vacinação gratuita contra infecções por Streptococcus pneumoniae, doença invasiva pneumocócica que incluí patologias como
Versão para impressão
Os adolescentes ou crianças nascidas a partir de 1 de Janeiro de 1993 e consideradas de risco terão direito a partir de agora a vacinação gratuita contra infecções por Streptococcus pneumoniae, doença invasiva pneumocócica que incluí patologias como a meningite, a pneumonia, a sépsis e a otite média aguda.

Segundo o portal da Saúde, as vacinas pneumocócicas serão administradas a nível hospitalar, através de declaração médica confirmando a inclusão da criança/adolescente num grupo de risco.

Entre os grupos de risco abrangidos pela vacinação gratuita contra as DIP figuram crianças e adolescentes que sofrem de infecção por HIV, sejam portadores ou candidatos a implante coclear, as que sofram de drepanocitose e outras hemoglobinopatias, recém-nascidos prematuros e portadores de síndrome de Down, entre outros.

O objetivo é diminuir a incidência e a mortalidade da doença nos grupos mais afectados, minimizar os custos sociais da doença de base e prevenir as complicações e sequelas causadas pelas DIP.

O alargamento da vacinação contra a doença invasiva pneumónica para todas as crianças está a ser equacionada, segundo garantiu Ana Leça da Direcção Geral de Saúde. A vacina não integra o Plano Nacional de Vacinação e até agora podia-se adquirir somente mediante prescrição médica e sem comparticipação do Estado.

Pode consultar toda a informação sobre os grupos de risco abrangidos e sobre a nova medida no Portal da Saúde ou na circular em .pdf.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório