Ambiente

Crianças plantam 3.000 árvores na ilha do Faial

Cem crianças do ensino básico da ilha do Faial, nos Açores, plantaram, esta terça-feira, cerca de 3.000 cedros do mato para recuperar zonas húmidas.
Versão para impressão
Cem crianças do ensino básico da ilha do Faial, nos Açores, plantaram, esta terça-feira, cerca de 3.000 árvores numa iniciativa cujo propósito é recuperar zonas húmidas na região para atrair aves.
 
Os alunos ajudaram a plantar milhares de cedros do mato, uma espécie endémica e ameaçada, o que, segundo o secretário regional do Ambiente, vai contribuir para a recuperação do habitat natural dos Charcos, onde está a ser construído um centro de observação de árvores.
 
“A ilha do Faial é muito pobre em zonas húmidas”, disse Álamo Meneses à agência Lusa. Para inverter este quadro, salientou o responsável, foi decidido investir na recuperação dos terrenos situados na zona dos Charcos, que tinham sido utilizados nos últimos anos como pastagens.
 
A iniciativa realizou-se no âmbito de um projeto conjunto das secretarias regionais da Agricultura e Florestas e do Ambiente e do Mar, tendo também como objetivo assinalar o Dia Mundial das Zonas Húmidas, que se comemora esta quinta-feira.

[Notícia sugerida por Vítor Fernandes]

 

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório