Fitness & Bem-estar

Coração dos apaixonados bate em sincronia

Os casais apaixonados tendem a sincronizar a respiração e o batimento do coração. O fenómeno foi confirmado por uma equipa de psicólogos de Universidade da Califórnia.
Versão para impressão
Os casais apaixonados tendem a sincronizar a respiração e o batimento do coração. O fenómeno foi confirmado por uma equipa de psicólogos de Universidade da Califórnia. Segundo os investigadores, esta sincronização é mais promovida pela mulher do que pelo homem. 
 
O psicólogo Emílio Ferrer, da Universidade da Califórnia, conduziu uma série de estudos sobre as relações amorosas. Numa das investigações, o psicólogo verificou que os casais apaixonados sincronizam a respiração e o ritmo do coração, mesmo que não estejam a tocar um no outro.
 
Para recolher os dados, a equipa de Emílio Ferrer sentou 32 casais heterossexuais, a uma distância de alguns metros uns dos outros, numa sala sem ruído. 
 
Os casais foram depois sujeitos a vários exercícios mas não se podiam tocar nem falar um com o outro. Um dos exercícios, por exemplo, consistia em pedir aos voluntários que imitassem os gestos um do outro – sempre sem falarem.
 
Durante todos os exercícios, os investigadores foram medindo o ritmo cardíaco e o ritmo da respiração dos participantes. 
 
A equipa verificou que, nos casais, o ritmo do coração e da respiração tendia a ajustar-se e a sincronizar: um ajuste que, segundo Ferrer, acontece mais por iniciativa dos elementos do sexo feminino. 
 
"O que concluímos foi que as mulheres têm mais propensão a ajustar-se aos seus parceiros (…) o que pode indicar que as mulheres são mais empáticas do que os homens”, diz no comunicado do estudo, que foi publicado na revista da American Psychological Association, Jonathan Helm, um dos investigadores que participou na investigação. 

Segundo o comunicado de imprensa da universidade, “quando os dois indivíduos não pertenciam ao casal, nem os seus corações nem a sua respiração ficava sincronizada”.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub