Ciência

Cientistas criam cerveja que hidrata e evita ressaca

Um grupo de investigadores australianos desenvolveu uma cerveja hidratante, que pode ajudar a equilibrar a quantidade de líquidos no organismo e até a evitar a ressaca.
Versão para impressão
A ingestão de cerveja – ou qualquer bebida alcoólica – após a realização de exercício físico ou de estômago vazio não é, por norma, aconselhável. Agora, porém, um grupo de investigadores australianos desenvolveu uma cerveja hidratante, que pode ajudar a equilibrar a quantidade de líquidos no organismo e até a evitar a ressaca.
 
Habitualmente, beber álcool aumenta a desidratação, mas uma equipa do Griffith University's Health Institute em Queensland, na Austrália, acredita ter descoberto a solução.

Os nutricionistas australianos manipularam os níveis de eletrólitos, presentes em muitas bebidas energéticas, de duas cervejas comerciais (uma normal e uma light), que, depois, foram ingeridas por pessoas que tinham acabado de fazer exercício vigoroso.
 

Os investigadores acabaram por concluir que, embora esta não costume ser uma prática recomendável, a cerveja light modificada mostrou ser um terço mais eficaz a hidratar os indivíduos do que a cerveja normal. 
 
“Não é uma boa ideia, mas a verdade é que há muitas pessoas que suam muito no dia-a-dia e que, depois, saem do trabalho e vão beber uma cerveja, como é o caso, por exemplo, dos trabalhadores da construção civil”, explica Ben Desbrow, um dos cientistas envolvidos no estudo, citado pela Australian Associated Press.
 
“O álcool pode ter todo o tipo de repercussões num organismo desidratado, incluindo a redução da noção do perigo”, acrescenta o investigador, que justifica a criação desta cerveja modificada e hidratante com a necessidade de diminuir os riscos trazidos por hábitos difíceis de mudar.
 
“Uma vez que vivemos no mundo real, temos duas hipóteses: podemos passar o tempo a dizer às pessoas aquilo que não devem fazer ou, em alternativa, trabalhar para minimizar os perigos de algumas atividades socialmente enraízadas [como o consumo de cerveja nessas circunstâncias]”, conclui.
 
Segundo os especialistas, esta nova cerveja pode ser, também, o primeiro passo para o desenvolvimento de produtos capazes de diminuir as hipóteses de ressaca.
 

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub