Gastronomia

‘Chefs’ portugueses recriam Última Ceia

Três 'chefs' portugueses foram convidados para recriar, de acordo com o seu estilo e visão pessoal, a mais famosa das ceias: a Última Ceia de Jesus Cristo com os apóstolos. Os resultados da experiência vão poder ser degustados pelo público.
Versão para impressão
Três 'chefs' portugueses foram convidados para recriar, de acordo com o seu estilo e visão pessoal, a mais famosa das ceias: a Última Ceia de Jesus Cristo com os apóstolos. Os resultados da experiência vão poder ser degustados pelo público em geral nos restaurantes de Kiko Martins, Miguel de Castro e Silva e Pedro Almeida.
 
O convite foi feito aos 'chefs' nacionais pelo canal História, que, com a aproximação da Semana Santa, procurou “recriar” este momento. “Queremos alimentar a filosofia de que 'a história faz-se a cada dia' e, por isso, decidimos apostar novamente no lançamento do desafio gastronómico mais inovador de sempre”, explica, em comunicado enviado ao Boas Notícias, Carolina Godayol, diretora-geral do The History Channel Iberia.
 
Trata-se da recriação “da ementa da Última Ceia de Jesus Cristo com os apóstolos, adaptada a um estilo contemporâneo, vanguardista e inovador pelas mãos de três 'chefs' portugueses”, acrescenta Godayol. A degustar, em direto, os vários pratos estará o gastrónomo Duarte Galvão.

Uma refeição para “comer com as mãos”
 

O 'chef' Kiko Martins, do restaurante “O Talho”, foi um do convidados para participar na experiência, tendo optado pela utilização dos mesmos ingredientes da última ceia: pão, ervas amargas e frutos secos. A estes sabores juntou o da batata, como forma de representar Portugal, onde é muito apreciada. 
 
“A refeição foi criada de forma a ser possível comer-se com as mãos. Era importante que a refeição fosse comida sempre sentada e fosse colocada toda de uma só vez sobre a mesa, semhaver a necessidade de as pessoas se levantarem para irem buscar o segundo prato ou repetirem”, conta Kiko Martins.
 
“É importante poder desfrutar da companhia e conviver, pois a comida partilhadasabe melhor, o sabor altera-se com o sentimento e a energia que rodeia o momento da refeição”, defende o 'chef'. 

Ingredientes económicos para saborear “sem pressas”
 

Já Miguel de Castro e Silva, do restaurante “De Castro”, decidiu transformar o pão da última ceia numa “patanisca de nada” – aludindo, ao mesmo tempo, à tradição nacional – com enguia fumada, alfaces, molho de mostarda e mel.
 
Do menu deste 'chef' fazem ainda parte um prato de truta com laranja e funcho, outro de codorniz recheada com passas e pinhão e, para a sobremesa, uma sericaia com 'chutney' de figo, passas, gengibre e sorvete de uva. A acompanhar cada prato há um vinho, dada a importância desta bebida na última ceia.
 
“A refeição foi criada de forma a ser saboreada sem pressas, doses pequenas e cuidadosamente elaboradas e com ingredientes económicos”, comenta o Chef Miguel de Castro e Silva. 

Uma Última Ceia à japonesa
 

Pedro Almeida, 'chef' do restaurante Midori, no Hotel Penha Longa, em Sintra, optou, por outro lado, por um caminho mais oriental. “Recriei esta refeição imaginando que Jesus Cristo fosse japonês. Foi criada para ser servida de um modo requintado e elegante, utilizando algumas flores e raízes de forma a dar cor e graciosidade ao prato”, justifica.
 
Para aludir ao cálice utilizado na Última Ceia, Pedro Almeida serviu num copo um dos seus pratos – um pudim de ovo fumado com enguia – recorrendo, para simbolizar o pão, a um crocante de cevada e ervas amargas, o “chawamuchi com unagi”.

Menus vão estar disponíveis nos restaurantes dos 'chefs'
 

Esta “viagem criativa e inspiradora de sabores” foi gravada nos restaurantes de cada 'chef' e vai ser exibida em exclusivo no canal História no dia 27 de Março pelas 21h55.
 
Os menus recriados vão ainda fazer parte do cardápio dos restaurantes O Talho (Praça de Espanha – Lisboa), De Castro (Príncipe Real – Lisboa), e Midori, (Hotel Penha Longa em Sintra), estando disponíveis de 27 de Março a 6 de Abril como opção de refeição para os visitantes.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório