Sociedade

Casa da Prisca investe 1,2 ME em Celorico da Beira

Conhecida pelo fabrico de produtos tradicionais, particularmente as sardinhas doces de Trancoso, a Casa da Prisca vai investir 1,2 milhões de euros na construção de uma queijaria tradicional em Celorico da Beira, que poderá criar até 12 postos de tra
Versão para impressão
Conhecida pelo fabrico de produtos tradicionais, particularmente as sardinhas doces de Trancoso, a Casa da Prisca vai investir 1,2 milhões de euros na construção de uma queijaria tradicional em Celorico da Beira, que poderá criar até 12 postos de trabalho fixos.

A unidade destina-se à produção de queijo de ovelha e ocupará uma área de 1.500 metros quadrados. A autarquia de Celorico da Beira, que já apreciou a proposta, empenha-se, neste momento, em “encontrar o melhor local para instalar a fábrica”.

Segundo Agostinho Santos, fundador e responsável pela Casa da Prisca, “existe todo o interesse da Câmara de Celorico”, para a fixação de uma indústria que, numa primeira fase, “criará oito a dez postos de trabalho, que poderão chegar aos 12”, declarou à agência Lusa.

“Também haverá empregos indiretos que podem ser criados”, disse o responsável, que garantiu comprar leite aos produtores locais, “desde que estes preencham os requisitos e os padrões de qualidade para a produção – com certificação de queijo da Serra da Estrela”.

[Notícia sugerida pelo utilizador Bruno Melo]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório