Mundo

Cão cego que apanha objetos da água ganha prémio

Chama-se Jack e conquistou uma competição nacional de animais no Reino Unido depois de impressionar o júri com a capacidade de apanhar e retirar objetos da água nadando até eles, algo que podia ser banal não tivesse este labrador perdido a visão.
Versão para impressão
Chama-se Jack e conquistou uma competição nacional de animais no Reino Unido depois de impressionar o júri com a capacidade de apanhar e retirar objetos da água nadando até eles. À primeira vista pode parecer uma tarefa banal para um cão, mas torna-se surpreendente se considerarmos que este labrador perdeu a visão há três anos e consegue fazê-lo apenas pelo faro.
 
O animal de 10 anos, que já está a ser apelidado na imprensa britanica de “Michael Phelps de quatro patas”, arrebatou o título de campeão na categoria de desportos aquáticos do concurso UK Spot On devido aos seus talentos especiais de natação.
 
“Quando o adotámos, ele estava a perder a visão, e ensinámo-lo a parar, a olhar para a direita e para a esquerda e, quando passeávamos, sempre que havia água perto de nós ele conseguia senti-la”, conta a dona, Margaret Simpson, citada pelo Daily Mail.
 
“Depois ele começou a brincar em lagos e canais, e, usando apenas o faro e pondo a cabeça debaixo de água, trazia-nos pedras do fundo. Então passámos a atirar-lhe 'guloseimas', melhores para os dentes dele, e ele começou a mergulhar. Foi quando percebemos o seu talento”, acrescenta.
 
Jack desenvolveu uma atrofia progressiva da retina, uma doença genética, mas não deixou que a perda da visão fosse uma limitação, tendo sido o escolhido do júri do concurso, em que participaram centenas de cães, suplantando as habilidades de outros animais com a visão perfeita na sua categoria. 
 
“Ele é o cão mais feliz que já tivemos e um animal muito sociável. Apesar de tudo o que lhe aconteceu, não deixa que nada disso o impeça de seguir em frente”, sublinha Simpson, que acolhe ainda em sua casa uma outra companheira canina, Cherry.
 
A britânica costuma concorrer regularmente a este tipo de provas com o objetivo de angariar dinheiro e consciencializar a população para a importância dos centros de apoio a cães abandonados, mas nunca tinha conquistado um grande prémio.
 
Agora, garante, as 200 libras (cerca de 247 euros) que Jack recebeu pela vitória vão ser gastas inteiramente com este “nadador” especial, nomeadamente nas contas do veterinário e numa nova coleira.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório